International Relations: Geopolitics and Geoeconomics

Considering the increasing internationalization of social processes, training in the field of International Relations has had a relevant role in UAL’s academic offer. The PhD in International Relations: Geopolitics and Geoeconomics, which started in 2015, is evidence of UAL’s institutional project and three of its main aspects: provide advanced training and focus on research and internationalization.

Since 1989, the year the Bachelor program in International Relations started, several post-graduations have been organized on international topics. In 2002, the Master in Peace and War Studies in New International Relations started, and, in 2013, the Master in International Relations. This third studies cycle thus aims to complement our training offer in International Relations.

UAL is now also focused on teaching and on scientific research, now one its strategies. Thus, the support to creating and/or reinforcing its research units, as is the case of OBSERVARE, funded in 1996 and evaluated by FCT in 2015 as “Good”. This PhD is evidence of the referred strategy: PhD lecturers are also researchers at OBSERVARE and the theses produced by the students should be in the framework of the research strands of OBSERVARE.

  • War, Peace and Security Studies;
  • Economic Spaces and Resources Management;
  • People and States – constructions and interactions.

A third important focus of UAL is internationalization. The International Relations Department at UAL and OBSERVARE have therefore invested in scientific and pedagogical exchange with foreign lecturers, researchers and institutions – such as, the Norwegian Peacebuilding Resource Centre (NOREF); the FRIDE, Carolina and Real Instituto Elcano Foundations in Spain; Instituto Superior de Estudos de Defesa (ISEDEF) in Mozambique; Instituto de Ciências Sociais e Relações Internacionais in Angola; Instituto da Defesa Nacional in East Timor; Instituto de Relações Internacionais (IREL) at Universidade de Brasília, IR Department at Univ. Pontifícia de São Paulo or Univ. Federal de Santa Catarina, in Brazil; Instituto de Investigaciones Jurídicas (IIJ) at Univ. Nacional Autónoma in México; the Friedrich Ebert Foundation in Germany; Universidade ORT and Instituto Artigas do MRE, in Uruguay; and Univ. Megatrend in Serbia -, which have led to the development of joint activities.

Among these, we would like to mention the Transnational Research Program, which is closely linked to the current PhD in International Relations: Geopolitics and Geoeconomics The referred program is based on formal agreements with the Middle East Technical University (METU) in Turkey, Sapienza Università di Roma-Italy, Universidade Complutense de Madrid-Spain and Pontifícia Universidade Católica (PUC) in Sao Paulo-Brazil. Under the agreements, the partner institutions must make lecturers available for PhD lectures, supervising theses and participating in jury examinations; partner institutions ahould also welcome our PhD students in their facilities for research and thesis writing.

The PhD in International Relations: Geopolitics and Geoeconomics thus evidences its potential: a research unit acknowledged by its peers, highly qualified academic staff, participation of lecturers from foreign universities of reference, and both interuniversity and transnational cooperation in research, lecturing and in thesis supervision. Noteworthy is also the fact that the program’s theoretical approach, based on the interprenetation of politics, security and economy in the current international scenario, closely linking geopolitical and geoeconomic analysis.

The program includes four seminars, mostly on advanced research and focusing on questioning and theoretical innovation associated to analysis of the international environment, so that the PhD theses may truly contribute to scientific progress in this field of International Relations that has both consolidated its autonomy while evidencing its interaction with other fields.

    Plano Curricular

    - Prof. Luís Moita, PHD - Prof. Ricardo Sousa, PHD

    • Tipificar e caracterizar as fontes de informação no domínio científico das RI;
    • Integrar as questões epistemológicas das RI no contexto geral dos paradigmas científicos das ciências sociais;
    • Abordar os métodos contemporâneos mais utilizados em RI e evidenciar aplicações práticas;
    • Inventariar os diversos níveis de microanálise e macroanálise em RI;
    • Recensear as grandes divergências epistemológicas, metodológicas e analíticas no domínio científico das RI.

    - Prof. Doutor Luís Tomé - Prof. Doutor Filipe Vasconcelos Romão

    • Compreender e analisar as dimensões e dinâmicas da geopolítica mundial e da segurança internacional à luz das abordagens e evoluções mais recentes, tanto ao nível global como local ou regional;
    • Cruzar várias sub-áreas científicas associadas às RI – Geopolítica, Estudos de Segurança, Estudos Estratégicos e Estudos para a Paz -, estabelecendo um quadro interdisciplinar e uma rede transnacional de análise;
    • Aprofundar o conhecimento e debater conceitos e teorias, bem como as suas evoluções e operacionalidade;
    • Reflectir sobre as influências da geografia e da história nas percepções e nos comportamentos políticos;
    • Entender a estrutura de poder, as agendas de segurança e as políticas e estratégias dos principais actores;
    • Problematizar os vectores de cooperação e de conflito na política internacional e regional (da área Euro- Atlântica à Ásia-Pacífico), bem como as interacções entre os níveis local, regional e mundial.

    - Prof. Eduardo de Almeida Cardadeiro, PHD - Prof. Doutor Miguel Santos Neves

    • Conhecer aprofundadamente metodologias analíticas ligadas à crescente relevância da geoeconomia nas RI e sua interacção com a geopolítica;
    • Analisar as dinâmicas da globalização nas suas múltiplas dimensões, a sua interação com o processo de localização associado às redes de conhecimento, e o impacto sobre os Estados face ao crescente poder de atores não-estatais.;
    • Compreender as causas e efeitos da redistribuição de poder económico, os factores determinantes da ascensão das economias emergentes e os mecanismos de projeção do seu poder;
    • Capacidades de avaliação das potencialidades e limitações das respostas dos Estados aos novos desafios, designadamente ao nível da regulação, da integração económica regional, da diplomacia económica e da reforma dos modelos de governação;
    • Capacidades acrescidas de investigação numa perspectiva interdisciplinar e competências específicas para análise crítica de opções de política pública e das estratégias do sector privado.

    - PROF. Brigida Brito , PHD - Prof. Doutor Miguel Santos Neves - Profª. Doutora Nancy Elena Ferreira Gomes

    • Aquisição de conhecimentos aprofundados sobre metodologias de investigação;
    • Aprofundamento dos conhecimentos sobre as técnicas de concepção de um projecto de investigação;
    • Aquisição de competências relativamente às linhas orientadoras e aos princípios gerais a observar na redacção da tese;
    • Aprofundamento de temáticas específicas que constituam objecto de investigação;
    • Aquisição de competências no que respeita à capacidade de exposição, argumentação e debate de ideias;
    • Desenvolvimento da capacidade de interiorização de críticas e sugestões apresentadas em sessões de debate dos projectos de tese.

    * Possibilidade de estadia para investigação numa das instituições estrangeiras parceiras

    * Possibilidade de estadia para investigação numa das instituições estrangeiras parceiras

    * Possibilidade de estadia para investigação numa das instituições estrangeiras parceiras

    * Possibilidade de estadia para investigação numa das instituições estrangeiras parceiras